Segunda-feira, 20.02.12

 Eu realmente tentei. Forcei e menti. Aldrabei e brinquei. Mas no final apenas bastou uma palavra para que todo o meu mundo mudasse. Fiz do meu coração um brinquedo de corda. Fiz dele um avião e lancei-o ao alto. Fingi não sentir e assim me magoei. Minti e disse que não precisava de ti. Repeti esse maldita frase umas mil vezes para que essa mentira se tornasse um dia numa verdade.
E ainda hoje tento, mas nem tudo é possivel. O nosso coração não é nenhum pião que se possa girar e escolher o lado, não é nenhuma moeda que se possa escolher a face. 



publicado por joao às 12:23 | link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Terça-feira, 03.01.12

Uma das minhas prendas de natal foi um livro que desejava ler, chamado "Um Dia", provavelmente já ouviram falar sendo agora um bestseller internacional e já realizaram um filme que também está algum nos cinemas.
Pois bem, adorei ler o livro, apaixonei-me em cada página, encantei-me e o mais incrível é que não conseguia parar de o ler, cada página prende-nos à história, mesmo quando o sono pesa já as pestanas cansadas.
Porém e após ler o livro decidi ver o filme e a cada momento fiquei decepcionado, cortaram muitas partes que mais adorei ler no livro, muitas cenas alteradas, falas modificadas, na minha opinião foi um filme mal aproveitado ou andaram a ler o livro errado.
Mas isso também não interessa, apenas queria-o aconselhar, um romance com um final trágico. Simplesmente, belo. 



publicado por joao às 16:55 | link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito