Terça-feira, 31.07.12


I hate you, and then I love you.
It's like I want to throw you off a cliff,
then rush to the bottom to catch you.


publicado por joao às 21:37 | link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Quinta-feira, 05.07.12

Ontem fui abaixo duas vezes. Forcei para não chorar e consegui, mas mesmo assim fiquei destroçado por dentro com aquelas palavras. Parece que seguir em frente é mais dificil do que pensava, aquela sensação estranha de já não saber o que fazer é mesmo uma merda.


tags: , ,

publicado por joao às 12:18 | link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito

Terça-feira, 15.05.12

Tumblr_lzpi60rqjz1rn3mg2o1_500_large

let's try something new, shall we?



publicado por joao às 14:27 | link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Domingo, 25.03.12

Palavras não são suficientes para transmitir o quanto eu sinto neste momento.


tags: ,

publicado por joao às 14:49 | link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Sábado, 24.03.12

I really need some time away from you.
I thought I could handle, but I was wrong.
I know it is not a great giftbut it is what I need right now.

Sorry,



publicado por joao às 09:09 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 20.02.12

 Eu realmente tentei. Forcei e menti. Aldrabei e brinquei. Mas no final apenas bastou uma palavra para que todo o meu mundo mudasse. Fiz do meu coração um brinquedo de corda. Fiz dele um avião e lancei-o ao alto. Fingi não sentir e assim me magoei. Minti e disse que não precisava de ti. Repeti esse maldita frase umas mil vezes para que essa mentira se tornasse um dia numa verdade.
E ainda hoje tento, mas nem tudo é possivel. O nosso coração não é nenhum pião que se possa girar e escolher o lado, não é nenhuma moeda que se possa escolher a face. 



publicado por joao às 12:23 | link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Quinta-feira, 16.02.12

Ser diferente. É a diferença entre ser vulgar e ter algo de especial para partilhar com o mundo. Significa ter coragem para enfrentar qualquer situação que se apresente diante de nós. Ser diferente é ser único e não uma cópia de um outro vizinho. É ser criativo e original. É arriscar num futuro desconhecido, mas a vontade de o viver da mesma maneira. Ser diferente não é ser estúpido, como dizem, é não ter medo de ser criticado pelo mundo que o considera também diferente. 



publicado por joao às 11:32 | link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

Sexta-feira, 10.02.12

Eu vou continuar a viver, assim do meu jeito. É nestas alturas que mais me prazer dá escrever, quando todas as emoções estão à flor da pele, quando nos apetece gritar no alto da montanha para todos oiçam, mas é difícil escrever com toda a nossa cabeça numa confusão de sentimentos. Escrevemos sem qualquer clareza ou rumo, sem qualquer sentido.
Eu vou trabalhar, vou rir, divertir, vou ouvir as reclamações do meu chefe abanando sempre a cabeça para que se cale. Não vou viver à procura de amor, já sou feliz. Tenho uma família que me apoia em todas as decisões, com eles posso contar em todos os momentos, mesmo nos piores momentos, em que só me apeteça um abraço. 
Não preciso que alguém me diga "amo-te" só para me sentir vivo. Não preciso de uma mulher ao meu lado para ser feliz, quando já o sou. Vou continuar a ser assim, sempre sorridente, cheio de esperanças, sempre com soluções. Vou ser forte quando as ocasiões assim o exigirem e depois mais tarde rir-me-ei dessas recordações. Eu vou continuar a ser assim, um sonhador, um menino cheio de sonhos.  



publicado por joao às 10:23 | link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito

Domingo, 05.02.12

Eu ando profundamente perdido. Não sei o que fazer ou que escolher.
Apenas fingo que sei, só para não me chatearem ou não me fazerem mais questões aborrecidas.



publicado por joao às 16:07 | link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito

Segunda-feira, 23.01.12

Por vezes penso que vivo na década errada, em tempos diferentes. Sinto que não me encaixo, por mais que me esforce. Não me orgulho das pessoas que me rodeiam, como se tudo tivesse mudado de uma forma errada. Sim são diferentes tempos, e é necessário existir uma evolução, mas acho que o caso seria regressão e não evolução.
As palavras já não são as mesmas, os sentimentos são outros, as pessoas são diferentes. O amor é encarado de uma outra forma, todos parecem procurá-lo mesmo de uma forma desesperada mas ninguém percebe que é necessário saber pelo que se procura e entendê-lo em primeiro lugar. E a vida parece ser forçada e demasiado apressada para ser vivida como se fosse uma espécie de maratona.

As palavras pronunciadas perderam a razão, deixaram de ter valor, são tudo menos sentidas. As pessoas mentem, sempre mentiram, mas não como agora, fazem-no para conseguirem o que mais desejam, sem se preocuparem com os outros. 
É uma loucura, eu sei. Faz-nos questionar o que se passa com as pessoas, parecem que de uma maneira ou outra não querem observar a verdadeira versão da história. E a verdadeira versão é que as pessoas deixaram de acreditar, deixaram de ter pelo que lutar. Perderam esperanças, a fé. Sentem-se perdidas. Estamos todos, com medo do futuro, sempre com receio de algo.
Os tempos são outros, mas isso não significa que deixemos de lutar, existe algo mais porque lutar. Existe um mundo à nossa espera.  



publicado por joao às 14:20 | link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito


evolusi. <body>
IT'S MY TIME!
tumblr
segue-me
perfil cria
Tumblr_m8feqywrjp1r6dbp1o1_500_large