Sábado, 11 de Agosto de 2012

Tumblr_lpfix3ulbf1qhbitjo1_500_large
O pior que me pode acontecer quando estou triste é apetecer gritar e nenhuma palavra conseguir pronunciar, é tentar chorar, mas nenhum lágrima caír. É querer abraçar alguém e olhar para o lado e não haver ninguém...



publicado por joao às 20:57 | link do post | comentar | favorito

16 comentários:
De Marta Morgado a 11 de Agosto de 2012 às 23:49
Tens razão xbb


De Mariana a 11 de Agosto de 2012 às 23:53
como eu percebo...


De ariana a 12 de Agosto de 2012 às 02:11
já fui assim, mas quando se deixa de ligar às coisas, não se quer gritar nem chorar e muito menos se precisa de abraçar alguém quando algo nos atormenta.


De DS. a 12 de Agosto de 2012 às 13:03
sim... concordo contigo.... é muito mau quando isso acontece... mas temos que ser fortes e ser fortes por vezes é chorar, gritar, ser vulneravel.... bjs


De hope a 12 de Agosto de 2012 às 20:29
Também não li os maias, li a primeira página, assustei-me e pensei ''e se o resto do livro é sempre assim? são 700 páginas!'' acabei por não ler xD


De ariana a 12 de Agosto de 2012 às 21:10
ah, pois. eu faço sempre direta com alguém a falar comigo.


De um-lugar-de-amor a 13 de Agosto de 2012 às 01:00
Totalmente verdade (: é bom ver que há quem me perceba. E o facto de se ser rapaz não quer dizer nada. x)
'(...) É querer abraçar alguém e olhar para o lado e não haver ninguém.' - já me senti tanta vez assim. É triste, frustrante até. Não te posso oferecer um abraço mas se precisares de alguma coisa dispõe.*


De Mariana a 13 de Agosto de 2012 às 09:41
tem alguma coisa a ver com genética mas é como o cancro: pode haver na família e nunca teres e pode não haver e teres. Pode-se fazer teste para saber se se tem o gene mas nem há cura por isso se calhar é melhor nem saber...


De Inês a 13 de Agosto de 2012 às 11:04
Apesar de me teres mandado embora, eu estarei sempre aqui, para qd quiseres desabafar. Eu sei se calhar estou a fazer-me demasiado importante, mas não quero saber, eu estou aqui.


De Maggie a 13 de Agosto de 2012 às 12:07
Tens razão, o amor é assim, como o descreves-te no meu blog, esquisito, muito esquisito, aparecem alguns sentimentos inexplicáveis, e torna-nos tão frageis, e então quando a peça frágil parte é quando nós ficamos destrossados e só nos apetece chorar), depois é como tu tens ai escrito neste post precisamos de alguém, mas não temos ninguém a quem abraçar.
Não sou lá muito boa a expressar alguns sentimentos, era só para te dizer que tens razão naquilo que disseste no meu blog, e sempre que pressisares estou aqui...


Comentar post

evolusi. <body>
IT'S MY TIME!
tumblr
segue-me
perfil cria
Tumblr_m8feqywrjp1r6dbp1o1_500_large