Domingo, 6 de Maio de 2012

Tumblr_m2j7hlgopk1qmowaco1_500_large

Aqui estou eu, perguntando como estarás tu. Os meus dias têm sido assim, pelo menos ultimamente. Aquelas saudades estranhas e sem explicação. Aqueles momentos de pura diversão, faltas tu. Tenho tudo, a pior parte é saber que tenho tudo para ser feliz e não o consigo. Quem me dera conseguir enterrar o passado, passar uma borracha sobre todas as minhas memórias, se o pudesse eu o faria, sem hesitar. Sinto-me perdido, talvez seja a única explicação. Recordo-me por isso da última vez que me senti assim, foste tu a primeira pessoa a quem me dirige, como se não houvesse mais ninguém no mundo. Talvez é aquela sensação que provocavas em mim, boa mentirosa que eras. Dizias que tudo ia ficar bem, que encontraríamos maneira de contornar as coisas, mas dizias de uma maneira como se fosse verdadeira, como se soubesses. Tenho saudades da maneira como me tratavas, a calma que provocavas em mim, a esperança que me fazias acreditar, talvez num futuro melhor. Nestes momentos penso em ti, tento imaginar que palavras me dirias se tivesses comigo. Admito que tenho saudades daquele vício, aquela mágoa que fazias sentir em mim, mas eu suportava porque pelo menos estavas perto, aquele doce amargo da tua companhia que virava sempre para o torto, sem explicação. Talvez um dia tudo volta a ser o que era. Até lá crescemos e vivemos histórias para depois contarmos um ao outro. Talvez um dia.




publicado por joao às 22:53 | link do post | comentar | favorito

7 comentários:
De fugiu a 7 de Maio de 2012 às 01:18
Resta-te ficares com as memórias.

Claro. Mas para isso é preciso ignorar o medo, ser muito corajosa e ter muita força. Eu acredito que chegarei lá um dia, mas hoje acho que não.


De Inês a 7 de Maio de 2012 às 19:16
Há sempre alguém que nos diz tem cuidado, há sempre alguém que nos faz pensar um pouco, há sempre alguém que nos faz falta...à Saudade...;)


De Tay a 7 de Maio de 2012 às 22:33
Juro tenho saudades deste blog, é pena vir poucas vezes ao blog x(

ahaha, beijinhos


De dolcescrittora a 12 de Maio de 2012 às 16:00
eu sonho assim muitas vezes - de acordo com a última frase deste texto (que eu adorei!). na separação do presente e reencontro no futuro. Porque conjungas a liberdade de viver o momento intensamente, sabendo que não estás a perder nada porque no futuro, estará lá o teu amor.Pena ser tão utópico.


De DS. a 13 de Maio de 2012 às 12:02
Será que me poderias seguir?


De meninapequenina. a 13 de Maio de 2012 às 14:56
Nunca nos libertamos por completo do passado,até descobrirmos o que queremos no presente.


De DS. a 20 de Maio de 2012 às 18:34
gostei bastante... fez pensar no meu passado... doa amores e dos desamores que tive... mas acordei um dia... e decidi esquece-los...agora já não sinto nada...só são...meras memorias que trago sempre comigo...felizes e infelizes memorias.


Comentar post