Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2012

 Eu realmente tentei. Forcei e menti. Aldrabei e brinquei. Mas no final apenas bastou uma palavra para que todo o meu mundo mudasse. Fiz do meu coração um brinquedo de corda. Fiz dele um avião e lancei-o ao alto. Fingi não sentir e assim me magoei. Minti e disse que não precisava de ti. Repeti esse maldita frase umas mil vezes para que essa mentira se tornasse um dia numa verdade.
E ainda hoje tento, mas nem tudo é possivel. O nosso coração não é nenhum pião que se possa girar e escolher o lado, não é nenhuma moeda que se possa escolher a face. 



publicado por joao às 12:23 | link do post | comentar | favorito

7 comentários:
De maguie. a 20 de Fevereiro de 2012 às 12:26
gostei muito, adequa-se perfeitamente a mim :)


De G a 20 de Fevereiro de 2012 às 12:50
quase o meu retrato, adorei


De Inês a 20 de Fevereiro de 2012 às 15:28
"O coração orgão que tanta emoção nos transmite,que pulsa, da vida, que corre sem fim em busca da outra metade, que se esquiva , ou se abre, se aperte e retrai...enfim tal como se mostra..." Beijos


De joao a 21 de Fevereiro de 2012 às 11:12
verdade, o coração é uma coisinha chata eheh


De meninapequenina. a 23 de Fevereiro de 2012 às 21:01
isto está lindo.
um dia tens de me falar desse tu.
o dia dos namorados é mais complexo do que parece.


De Miriam ∞ a 23 de Fevereiro de 2012 às 21:16
por vezes cansamos nos de fingir ... e aí explodimos.
what's up joão?


De dolcescrittora a 3 de Março de 2012 às 12:17
e não há possibilidade de ela ainda precisar de ti também?


Comentar post