Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2012

Eu vou continuar a viver, assim do meu jeito. É nestas alturas que mais me prazer dá escrever, quando todas as emoções estão à flor da pele, quando nos apetece gritar no alto da montanha para todos oiçam, mas é difícil escrever com toda a nossa cabeça numa confusão de sentimentos. Escrevemos sem qualquer clareza ou rumo, sem qualquer sentido.
Eu vou trabalhar, vou rir, divertir, vou ouvir as reclamações do meu chefe abanando sempre a cabeça para que se cale. Não vou viver à procura de amor, já sou feliz. Tenho uma família que me apoia em todas as decisões, com eles posso contar em todos os momentos, mesmo nos piores momentos, em que só me apeteça um abraço. 
Não preciso que alguém me diga "amo-te" só para me sentir vivo. Não preciso de uma mulher ao meu lado para ser feliz, quando já o sou. Vou continuar a ser assim, sempre sorridente, cheio de esperanças, sempre com soluções. Vou ser forte quando as ocasiões assim o exigirem e depois mais tarde rir-me-ei dessas recordações. Eu vou continuar a ser assim, um sonhador, um menino cheio de sonhos.  



publicado por joao às 10:23 | link do post | favorito

De dolcescrittora a 11 de Fevereiro de 2012 às 12:04
eu gosto bastante de textos sem qualquer sentido porque quem lê e não sente pode não compreender, mas quem lê e sente vai achá-lo inspirador e desconcertante e despertar o sentimento que também já teve. esse tipo de textos são os melhores textos, na minha opinião.
acho que é isso que todos temos de fazer: viver à nossa maneira, aceitar o que nós temos porque na realidade não podemos mudá-la. apenas melhorá-la e aí chegamos à felicidade.
muito obrigada!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

evolusi. <body>
IT'S MY TIME!
tumblr
segue-me
perfil cria
Tumblr_m8feqywrjp1r6dbp1o1_500_large