Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

Existem momentos na nossa vida em que só nos apetece parar o tempo, olhar aquela imagem registada pelos nossos olhos.
Aquele momento perfeito ao final da tarde, em que os olhares se cruzam e o sorriso parece contagiante. Ele perto do banco junto ao passeio a observa-la por entre muitas outras pessoas, mas aquela é especial, sorriem e olham-se como se não houvesse mais ninguém. Mais nada importa. O abraço apertado mas reconfortante como se não tivessem visto há meses, os mimos expressados em milhares de sentidos. O dedo dele percorrendo a sua face, desviando outros restantes cabelos dos seus olhos para os admirar melhor. Aquele momento em que só desejamos abrandar, gravar para mais tarde revivê-lo mais do que uma vez. Vivê-lo de novo e revive-lo uma outra segunda e terceira vez.
Por mais momentos que tenhamos, por mais tentativas que façamos nunca será como aquele. Aquele era especial, eras tu na minha vida. O sítio, a hora eram indiferentes.
E são por estes momentos que não nos arrependemos dos quantos erros e más decisões tomamos, porque sempre que lhe surgiam no seu pensamento, ele pensava que foi assim que finalmente a tinha conhecido. 
E o rapaz sem razão alguma sorriu-lhe mais uma vez.
 



publicado por joao às 15:35 | link do post | favorito

De p;αndяαde. ॐ a 13 de Dezembro de 2011 às 00:31
ahah. xd obrigado. :)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.