Terça-feira, 12 de Julho de 2011
218108_216697375011388_213380882009704_1000638_3380003_n_large

Todos falam de liberdade, todos afirmam conhece-la.
Outros vanglorizam-se de a ter em demasia, outros choram por nunca terem tido possibilidade de a conhecer.
Eu falo de liberdade com sentido de um dia vir a conhecê-la melhor. Todos os dias tomo decisões, umas mais difíceis, outros mais fáceis.
Mas eu decido segundo os valores que me foram impostos. Logo, questiono todos os dias se existe liberdade. Porque não escolho outras alternativas, outras possibilidades? É por achar que não é o correcto ou é por a sociedade nos manipular ao ponto de nos obrigar a tomar certas decisões?
Eu falo de liberdade, questiono-a por vezes, acreditando se fosse verdadeiramente livre (talvez o seja sem noção de o ser), eu seria mais feliz e escolheria não estar aqui.
Se fosse realmente livre, eu não seria assim, eu escolheria não ser assim. Talvez fosse outra pessoa, talvez mais uma de muitas outras pessoas com quem te cruzas na rua ao final do dia. 
Se existisse liberdade eu deixar-me-ia levar com o vento ou com a maré, sem quaisquer preocupações de onde me iriam levar.

 



publicado por joao às 14:13 | link do post | favorito

De i. a 12 de Julho de 2011 às 20:25
obrigada :p xx


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.