Terça-feira, 12 de Julho de 2011
218108_216697375011388_213380882009704_1000638_3380003_n_large

Todos falam de liberdade, todos afirmam conhece-la.
Outros vanglorizam-se de a ter em demasia, outros choram por nunca terem tido possibilidade de a conhecer.
Eu falo de liberdade com sentido de um dia vir a conhecê-la melhor. Todos os dias tomo decisões, umas mais difíceis, outros mais fáceis.
Mas eu decido segundo os valores que me foram impostos. Logo, questiono todos os dias se existe liberdade. Porque não escolho outras alternativas, outras possibilidades? É por achar que não é o correcto ou é por a sociedade nos manipular ao ponto de nos obrigar a tomar certas decisões?
Eu falo de liberdade, questiono-a por vezes, acreditando se fosse verdadeiramente livre (talvez o seja sem noção de o ser), eu seria mais feliz e escolheria não estar aqui.
Se fosse realmente livre, eu não seria assim, eu escolheria não ser assim. Talvez fosse outra pessoa, talvez mais uma de muitas outras pessoas com quem te cruzas na rua ao final do dia. 
Se existisse liberdade eu deixar-me-ia levar com o vento ou com a maré, sem quaisquer preocupações de onde me iriam levar.

 



publicado por joao às 14:13 | link do post | comentar | favorito

14 comentários:
De coraline a 12 de Julho de 2011 às 15:06
é mesmo que seca -..- ainda não dei nem um mergulho


De -Sara a 12 de Julho de 2011 às 15:10
Olha o exame correu-me mais ou menos. Agora é esperar para ver o que vai sair dali :/
E tu? Como estás? O problema com a tua melhor amiga? :b
Bonito texto?? Já olhaste para o que escreves. Escreves muito, mas mesmo muito bem :)


De fugiu a 12 de Julho de 2011 às 15:14
É, é mesmo. Não dá para perceber.
Gostei do teu texto, acho que nunca se atinge a liberdade completamente.


De Joana a 12 de Julho de 2011 às 15:54
LOOOOL eu sou mto divertida (gozo) !!


De hopeless romantic a 12 de Julho de 2011 às 17:16
eu também, mas infelizmente, não o vou ver ao cinema.


De Patrícia a 12 de Julho de 2011 às 18:29
é mesmo ; é gente que não merece mesmo nada, o melhor é ignorar e sorrir :) ahah


De Dri a 12 de Julho de 2011 às 18:29
Ola
Mas qual é a tua 1ª opção?

De facto, os teus textos sao muito bons!

beijos


De Miriam ∞ a 12 de Julho de 2011 às 19:42
ahahah , enfim o Tigas é mesmo um cromo !
amei este texto, na minha opinião nunca se atinge a completa liberdade!


De i. a 12 de Julho de 2011 às 20:25
obrigada :p xx


De W and Jazz a 12 de Julho de 2011 às 21:14
Haha não fui eu que fiz os desenhos, foi uma ilustradora francesa chamada Antoinette Fleur ;P
Não te preocupes encontras o resto dos fusíveis pouco a pouco.
A liberdade é algo complexa, acho que é mas do que mero poder de decisão, é ter consciência dessas decisões e saber que nalgumas delas não há volta a dar, é ter pensamento próprio e saber aquilo que se tem de fazer para chegar a determinado ponto da nossa vida onde queiramos estar e acho que a sociedade desempenha um papel importante pois através do nossos valores é também regulada a nossa liberdade, pelo menos é o que eu acho. As pessoas confundem liberdade com libertinagem...
Beijoss


Comentar post